17 junho 2016

Autorreflexão sobre fazer as coisas que você quer, simplesmente porque você quer


As vezes eu esqueço que tem um lugar aqui pra escrever. Às vezes escrevo todo dia e não posto nada porque fico corrigindo os erros... Difícil.
Estive pensando sobre Youtube e gravar vídeos... Não necessariamente em ter um canal, só no ato de gravar vídeos como forma de por para fora seus pensamentos, e sobre o que os grandes nomes do Youtube falam: sobre o que querem/ gostam/ sabem. No geral, estive pensando sobre falar do que você gosta pra você mesmo e quem quer que possa se interessar. 
Faça o que você gosta de fazer e da melhor forma possível. Dê o melhor de si no pouquinho que faz, não para os outros, mas para si, para sentir-se satisfeito com o que faz. 
Tenho tendência a desistir das coisas por me sentir pressionada ou por estar fazendo artificialmente algo que deveria ser natural. Mas as coisas dão trabalho, elas exigem atenção e suor. Alguns momentos serão mais tranquilos, outros exigirão mais de você e isso não é motivo para desistir, mas um incentivo para ver no que todo esse trabalho vai resultar. 
Moral da história: Vamos sair dessa zona de conforto, minha filha!

Nenhum comentário:

Postar um comentário